pt

Notícias

25 de Abril – Dia Mundial da Malária

O Dia Mundial da Malária, decretado pela Organização Mundial de Saúde em 2007, assinala-se anualmente no dia 25 de Abril. A Malária é uma doença febril aguda provocada por um parasita, o Plasmodium, transmitido pela picada do mosquito Anopheles fêmea.

 

É uma doença que pode ser prevenida com cuidados de saneamento básicos, pulverização de insecticidas nas zonas mais afectadas e utilização de redes mosquiteiras pela população.

 

A malária é curável quando tratada a tempo. Após a picada, os primeiros sintomas demoram cerca de 10 a 15 dias a surgir. Dores de cabeça, febre e calafrios podem ser facilmente confundíveis com outras doenças e a falta de acesso aos serviços básicos de saúde, em muitos países, faz com que a doença não seja identificada a tempo, evoluindo para malária cerebral, anemia grave ou falência dos órgãos vitais, levando à morte.

 

A maioria dos casos e mortes de malária ocorrem na África Subsaariana. No entanto, as regiões da OMS no Sudeste Asiático, Mediterrâneo Oriental, Pacífico Ocidental e Américas também estão em risco.

 

Em 2018, a OMS registou 229 milhões de casos confirmados em todo o mundo, dos quais, 405 mil pessoas acabaram por perder a vida. África foi a zona mais afectada com 93% dos casos e 94% das mortes.

 

As crianças com idade inferior a 5 anos são o principal grupo de risco desta doença, 67% do número total de mortes refere-se a crianças nesta faixa etária. Estima-se, que esta doença, mate 1 criança a cada 30 segundos.

 

Com o investimento feito pelos governos no combate à malária, cerca de 2,7 mil milhões de euros no último ano, os números têm estagnado, apesar de ser um avanço positivo, ainda há um longo caminho pela frente. A malária deve ser encarada como um dos principais problemas de saúde pública mundial, pois, crê-se que possa vir a afectar um número ainda mais elevado de pessoas com o aquecimento global favorável à propagação do mosquito.

 

Elnor Pharma oferece uma gama completa de medicamentos antimaláricos, incluindo combinações de dose fixa e produtos para malária severa.

25/04/2020

Tem dúvidas ou questões?

 

Deixe-nos aqui a sua mensagem ou peça para ser contactado.

Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a acentar a sua utilização. Saber Mais