pt

Notícias

Covid-19

Com os primeiros dois casos a serem confirmados em Angola, a Ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, declarou que o Governo está a tomar providências e a criar as condições necessárias para colocar os passageiros que ainda tenham a necessidade de entrar no país em quarentena institucional.

 

O covid-19 é uma doença infeciosa causada pelo último coronavírus descoberto. A doença já infetou cerca de 265 mil pessoas no mundo todo, causando 11 100 mortes. Conhecem-se até à data 90 mil casos de recuperação, cerca de 34% do total de infetados.

 

Este vírus é extremamente perigoso devido à facilidade e velocidade de propagação entre humanos, foi por isso considerado como uma pandemia mundial pela Organização Mundial de Saúde. Espirros, tosse e pequenas gotículas de saliva são as principais formas de transmissão.

 

Os sintomas são facilmente confundidos com uma gripe sazonal, tosse, febre alta, dificuldade em respirar e dores de garganta, podendo evoluir com rapidez para uma pneumonia grave, levando à morte do paciente. O principal grupo de risco são os idosos, doentes crónicos e indivíduos com o sistema imunitário fragilizado.

 

Outra característica do covid-19 que o torna extremamente perigoso é o seu período de incubação, uma pessoa infetada pode não apresentar sintomas durante os primeiros 14 dias de incubação, ou, ser sempre um portador assintomático e transmitir o vírus a outras pessoas sem o saber.

 

A melhor forma de evitar o contágio desta doença é seguir as recomendações da Organização Mundial de Saúde, respeitando o período de quarentena, já decretado em Angola, e sair de casa apenas em caso de extrema necessidade, como para adquirir alimentos ou para idas à farmácia.

 

Sempre que tiver que sair, evitar áreas de risco, com aglomerados de pessoas, espaços fechados e com pouca ventilação. Lavar muito bem as mãos com água e sabão, durante 20 segundos e com alguma frequência (sempre antes de sair de casa e quando voltar a entrar), usar um desinfetante adequando para as mãos (álcool ou álcool gel), limpar bem as superfícies da sua casa e cobrir a boca e o nariz com a parte interior do cotovelo sempre espirrar ou tossir.

 

A Elnor Pharma preocupa-se em travar esta epidemia e tem ao dispor dos hospitais, clínicas e farmácias, consumíveis hospitalares com certificações e elevados níveis de segurança e qualidade, desde máscaras faciais, luvas, material de proteção individual e álcool gel.

23/03/2020

Tem dúvidas ou questões?

 

Deixe-nos aqui a sua mensagem ou peça para ser contactado.

Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a acentar a sua utilização. Saber Mais