pt

Notícias

03 de Dezembro - Dia Internacional dos Portadores de Alergia Crónica

Assinala-se a 3 de Dezembro anualmente, o Dia Internacional dos Portadores de Alergia Crónica, data instituída pela Organização Mundial de Saúde como forma de chamar a atenção para este problema crónico que afecta 20 a 30% da população mundial.

 

Uma alergia crónica é uma reacção do sistema imunológico ao ser exposto a uma substância estranha para o organismo. Essa reacção desencadeia um processo que leva ao desenvolvimento de anticorpos que iniciam uma dinâmica inflamatória que pode manifestar-se de várias formas e em diversas zonas do corpo. Quando o organismo fica exposto a essa substância durante um período de tempo prolongado a alergia assume um maior grau de gravidade, podendo mesmo chegar a tornar-se crónica.

 

Os tipos de alergia crónica podem ser:

 

Asma, que se manifesta por falta de ar, dificuldade em respirar, dor no peito ou tosse. Este tipo de alergia surge, na maioria das vezes, de forma súbita e após constipações, esforço ou actividade física e em ambientes congestionados (transportes, espaço de trabalho).

 

Rinite, manifesta-se por congestionamento e corrimento nasal, espirros, comichão no nariz e olhos lacrimejantes e com comichão. É uma das formas de alergia mais frequentes, mas a menos diagnosticada, o que a torna uma das mais preocupantes, pois, quando não tratada correctamente, pode evoluir para sinusite ou asma.

 

Sinusite que é uma manifestação dos seios paranasais que se manifesta por congestionamento, corrimento e obstrução nasal, dores de cabeça, na face ou à volta dos olhos, ouvidos entupidos, tosse ou mau-hálito. Surge, muitas vezes, na consequência de infecções bacterianas, virais ou fúngicas, alergias e alterações no sistema imunitário.

 

Eczema ou dermatite atópica que se deve a uma reacção inflamatória da pele que pode evoluir de forma crónica. Os principais sintomas são vermelhidão, comichão e descamação da pele. Estas lesões são, em geral, muito pruriginosas e originam inflamação.

 

Urticária que origina manchas e pápulas com comichão. A urticária é diagnosticada de forma crónica quando os sintomas prevalecem até um mês e meio depois.

 

Conjuntivite, forma mais comum de alergia ocular que origina inchaço, vermelhidão e comichão em ambos os olhos.

 

Anafilaxia, é a forma de alergia mais grave e ocorre em poucos minutos após o contacto com o elemento alergénico, manifesta-se através de inchaço, calor, urticária, espirros, falta de ar, dificuldade em deglutir, pressão arterial baixa, sensação de vómito, náusea e desmaio e, se a pessoa não for socorrida a tempo, pode mesmo levar à morte.

 

No entanto, apesar das alergias crónicas não terem uma cura, existem diversas terapêuticas que aliviam os sintomas mais incómodos. É por isso, extremamente importante realizar testes para identificar o elemento alergénico de forma a evitar o seu contacto e realizar uma terapêutica adequada.

 

Na Elnor Pharma trabalhamos diariamente para responder às necessidades de saúde da população e fornecer medicamentos apropriados da forma mais completa possível. Entre os medicamentos essenciais disponibilizamos antialérgicos e fármacos para as afecções cutâneas, oculares e otorrinolaringológicas para apaziguar os sintomas de alergias crónicas.

03/12/2019

Tem dúvidas ou questões?

 

Deixe-nos aqui a sua mensagem ou peça para ser contactado.

Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a acentar a sua utilização. Saber Mais