pt

Notícias

19 de Junho - Dia Mundial da Consciência Sobre Doença Falciforme

O Dia Mundial da Consciência Sobre Doença Falciforme foi instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) informar e consciencializar a população para o impacto desta doença.

 

A doença falciforme é hereditária e afecta a produção de hemoglobina (Hb), responsável por distribuir o oxigénio proveniente dos pulmões para todo o corpo através da corrente sanguínea. Esta alteração genética faz com que a hemoglobina sobre alterações e o transporte de oxigénio não é feito de forma satisfatória, provocando dores e outros problemas ao doente.

 

Estas hemoglobinopatias causadas por defeitos na estrutura de hemoglobinas (Hb S) são mais frequentes nos povos africanos e as talassemias causadas por defeitos na síntese, em povos do Mediterrâneo, da Ásia e da China.

 

O diagnóstico precoce desta doença é feito através do exame de triagem neonatal, também conhecido como “teste do pézinho”. Após um diagnóstico positivo, é possível iniciar imediatamente tratamento que irá garantir uma melhor qualidade de vida ao portador da doença.

 

Existem várias consequências desta doença que se manifestam através de anemia, crises de dor intensa que podem durar até 6 dias consecutivos, problemas no baço, o órgão responsável por produzir anticorpos e filtrar substâncias tóxicas, o que deixa o organismo muito mais exposto a infecções, esta é uma das principais causas de morte em crianças que sofram desta patologia. Pode ainda provocar AVC, através do entupimento dos vasos sanguíneos, inflamação nas articulações e paralisia dos membros superiores e/ou posteriores.

 

Angola é um dos países da África Austral com uma maior taxa de prevalência da doença, no entanto, é difícil apurar o número correcto de pessoas afectadas devido ao reduzido número de centros que realizam o diagnóstico, existem apenas 21 centros especializados, 11 em Luanda e 10 em Cabinda.

 

Num estudo realizado recentemente, numa amostra de 300 mil testes realizados a recém-nascidos, 2,5% sofriam de doença falciforme, uma percentagem muito elevada dado que 300 mil testes representam apenas 30% dos nascimentos num ano.

19/06/2019

Tem dúvidas ou questões?

 

Deixe-nos aqui a sua mensagem ou peça para ser contactado.

Este site utiliza cookies, para uma melhor navegação. Ao continuar a navegar estará a acentar a sua utilização. Saber Mais